As diferentes práticas de Recursos Humanos quando o assunto é emprego

O ex-Headhunter Claudio Riccioppo de Moraes e que hoje atua apenas como JobHunter dando suporte em projetos de construção de empregabilidade, explica como entender as diferentes nomenclaturas e serviços no universo da recolocação profissional.

O Headhunter jamais vai receber qualquer quantia do candidato, pois não vai lhe prestar qualquer serviço, seu único compromisso é com o interesse da empresa.

Normalmente, são chamados de headhunters os profissionais encarregados de realizar o recrutamento para posições gerenciais e C-level, como CEO, CFO e CMO, entre outros cargos de alta liderança. Embora seja possível encontrar consultores autônomos, é mais recorrente a atuação de empresas de headhunter ou headhunting.

De toda forma, este é um mercado acostumado a tomar grandes decisões sobre gente. Por um lado, os headhunters precisam entender profundamente o negócio das empresas para que recrutam e, por outro, ter uma compreensão ampla do perfil dos potenciais candidatos.

Como um headhunter trabalha:

Funciona assim: a empresa cliente explica para o headhunter ou empresa de headhunting o que precisa e quais as competências e habilidades necessárias para certa vaga.

A partir daí, cabe a este encontrar a pessoa certa, que depois é encaminhada para uma série de entrevistas e avaliações internas.

Segundo Claudio Riccioppo de Moraes, que já atuou como headhunter por mais de uma década e possui centenas de contatos estratégicos no Brasil, depois do briefing vem uma avaliação complexa do candidato em questão e que vai além das páginas de seu currículo.

Como atrair a atenção de um headhunter:

Construir uma carreira significa construir sua própria marca. As pessoas tendem a esquecer isso. Portanto, é preciso investir na criação de uma marca profissional e muito network de qualidade.

Dê um jeito de estar na frente das pessoas certas e faça uma boa primeira impressão. Você pode conhecer um CEO que te acha ótimo e, pouco depois, há uma oferta na sua caixa de entrada. Eu sei que isso acontece porque já fiz antes afirma Claudio que atualmente na Employability que é uma das maiores empresas de assessoria de carreira e apoio a recolocação profissional do Brasil, faz o gerenciamento de algumas marcas profissionais na rede, ou como ele chama: DPB (Digital Professional Branding)

Certifique-se que seu perfil do LinkedIn está atualizado e profissional pois esta plataforma é uma das mais acessadas pelos hunters quando estão em busca de um perfil específico.

Como atuam os JobHunters ou Consultores em Recolocação Profissional:

Um JobHunter faz o inverso do que um Headhunter, apesar de ambos terem um objetivo comum que é o fechamento de uma vaga de emprego, estes trabalham para clientes em pontas diferentes, o JobHunter atua colaborando com a busca por novas oportunidades profissionais, ou seja, faz o serviço de agenciamento do candidato em prol da conquista de propostas de emprego. Sua remuneração é feita pelo candidato que quer ser agenciado e que pretende pagar alguém especializado no assunto para levá-lo até seus objetivos de carreira, que são medidos por expectativas de: salário e benefícios, formas de contratação, nomenclatura de cargo e possíveis variações, território que possui interesse em atuar profissionalmente, perfil de empresa e segmento de atuação, horário de trabalho e principalmente desafio, ou seja, aquele que contrata um JobHunter e paga pelos seus serviços possui nítido interesse em escolher e não apenas de aguardar ser escolhido por um empregador, geralmente possuem pretensões específicas para o momento profissional que estão e por isso investem para buscar chegar em seu alvo.

O trabalho de um JobHunter pode se encontrar com o de um Headhunter em um momento de suas atividades.

Diversas vezes tanto na Employability como em outras empresas, eu estive representando profissionais em busca de recolocação e em meu garimpo de oportunidades, acabava encontrando em headhunters como MichaelPage, RobertHalf, Hays entre outras, vagas de emprego exatamente dentro das pretensões de meus assessorados, que quando estavam totalmente alinhados às necessidades da proposta destes hunters, me faziam buscá-los a fim de alinharmos expectativas para nossos clientes para que todos pudessem sair ganhando.

— Claudio Riccioppo

Compartilhe
Deixe seu comentário