Se você ainda não tem um mentor, não sabe o que está perdendo! Corra atrás de alguém que admire e "simplesmente" comece esse processo que é comum na vida de todos os profissionais de sucesso.

Segundo Eliane Ramos, Presidente do Conselho Deliberativo da ABRH Brasil e Diretora Regional da Predicitve Index - PI,

O processo de mentoria é extremamente importante para nossa carreira. E, claro, de alguma forma, todos nós já tivemos mentores informais na nossa jornada. Colegas, amigos, líderes, que, com experiência, maturidade e capacidade de serem empáticos, entendendo as nossas necessidades, nosso momento de carreira e de vida, foram importantes para nos dar conselhos, nos ajudando a seguirmos nosso propósito, proporcionando até mudanças de rota.

Ana Luiza Carvalho, Headhunter e sócia na Tailor, que já foi mentorada e hoje é mentora do projeto Gerando Falcões, explica que

O processo de mentoria consiste em um processo de "tutoria", em que uma pessoa que você admira e que está em um patamar de carreira acima do seu pode te instruir, aconselhar e guiar em situações consideradas desafiadoras. É um conselho de um profissional experiente que irá te ajudar a lidar com conflitos e cenários que estão além de sua zona de conforto. A eficácia de uma mentoria pode beneficiar qualquer degrau em que você esteja na carreira. Seja iniciando, seja mudando sua área de atuação e/ou em uma carreira já consolidada — aprender nunca é demais, e seus desafios nunca acabarão.

Eliane ainda completa:

Melhor ainda quando temos a oportunidade de contratar um profissional especializado na mentoria que, quando essa boa conexão se estabelece, produz valor para o desenvolvimento profissional e pessoal. Podemos chamar de “conselheiro de confiança”. Este profissional irá nos ajudar no crescimento e desenvolvimento, potencializando nosso autogerenciamento, nos ajudando a fazer reflexões, solucionar problemas e tomar decisões, enxergando novas possibilidades.

A mentoria pode proporcionar outro efeito muito relevante: o do autoconhecimento e do aprendizado constante. Sou apaixonada, nestes meus mais de 30 anos de carreira, a aprender e reaprender, uns com os outros, na certeza de que é o grande desafio nas nossas vidas.

Compartilhe
Deixe seu comentário