Ao longo de sua trajetória profissional, você poderá ser abordado por uma empresa que nem sabia que existia, ouvindo uma proposta profissional sobre uma outra empresa que você ainda não sabe nada a respeito.

Entenda quem está por trás disso e como funcionam as empresas de Recrutamento Executivo (Executive Search).

Pode até não parecer, mas encontrar os melhores talentos é uma tarefa difícil e crucial para qualquer empresa. É para esta missão que existem empresas com serviços especializados de recrutamento, que encontram candidatos de alto nível com aderência técnica e comportamental para cargos seniores, sejam eles altos executivos ou detentores de posições com grande relevância para os negócios.

O objetivo principal é encontrar a pessoa certa, que traga bons resultados e, consequentemente, evitar o custo e stress gerados por uma má contratação.

Como eles encontram os talentos?

Os Consultores (ou Headhunters) de uma empresa de Executive Search utilizam uma vasta rede de contatos, bem como seu profundo conhecimento de mercado e diferentes indústrias, para encontrar o candidato ideal para os clientes. Eles realizam entrevistas detalhadas, baseadas em análises técnicas e comportamentais e, em seguida, apresentam seus indicados à empresa contratante.

Empresas de busca de executivos também ajudam os clientes a elaborar o escopo de trabalho do profissional, perfil ideal, descrições de atividades precisas, além de trazer informações consultivas sobre o mercado e seus competidores.

Como são remuneradas as empresas de Executive Search?

A relação entre um cliente e uma consultoria de Executive Search é exclusivamente B2B (empresa para empresa) e, via de regra, utiliza os modelos Sucesso ou Retainer para cobrança de honorários. Consultorias que atuam no modelo Sucesso são remuneradas somente após a conclusão bem-sucedida de uma contratação, enquanto as que atuam no Retainer recebem honorários pagos ao longo do processo seletivo. Em ambos os casos. o valor cobrado é um percentual do salário anual do profissional contratado.

Compartilhe
Deixe seu comentário