(4 minutos de leitura)

Ei, você! Está buscando se movimentar ou até mesmo dar um salto na sua carreira e não sabe como?

Saiba como facilitar a vida dos nossos e outros recrutadores para encontrá-lo em meio a tantos outros profissionais no mercado de trabalho.

Você tem Linkedin?
Sim? Ótimo, pois é a maior rede profissional do mundo, com quase 800 milhões de membros. Essa plataforma é muito importante para profissionais que buscam alavancar sua carreira. Mas saiba que só ter uma conta no LinkedIn não o coloca, necessariamente, na vitrine.

Para nossa Headhunter Sofia Burni,

Investir em um perfil atraente para ganhar destaque é um bom começo, algumas informações são de fato importantes e, no mínimo, seu perfil deve incluir: uma foto de perfil com qualidade; nome e sobrenome; experiências profissionais: cargo completo, empresa, datas corretas, principais responsabilidades; formação acadêmica; idiomas e, claro, contatos.

E, para facilitar, selecionamos algumas dicas, baseadas nos apontamentos de Sofia, para que você dê uma repaginada no seu perfil:

A primeira impressão é a que fica — Sua fotografia é sua primeira impressão online. Ele precisa ser profissional e de boa qualidade;

Nome, sobrenome e URL de perfil — você sabia que é possível personalizar sua URL? Faça com que você seja mais facilmente identificável — e tanto a foto quanto nome e sobrenome, quanto sua URL, irão ajudá-lo a alcançar isso;

O título do LinkedIn — É aquela descrição de 120 caracteres diretamente abaixo do seu nome. O resumo aparece na sua página de perfil. Seja específico. Liste as habilidades técnicas e áreas de atuação. Use palavras-chave para sobre sua posição atual ou mesmo sobre a posição desejada. | Dica extra: Pense em quais os termos e palavras são utilizados mais frequentemente pelas pessoas ao falar ou pesquisar sobre sua área de atuação. Evite termos muito específicos ou de uso exclusivo aos especialistas de sua área;

Evidencie suas conquistas e experiências — O seu perfil no LinkedIn deve mostrar uma visão geral e objetiva de seus pontos fortes e competências. Evite autoelogios ou adjetivos sobre soft skills subjetivas como: “sou muito hands on, ótimo relacionamento interpessoal” etc. Foque em fatos que tratem sobre suas realizações recentes;

Atualize sua posição atual, formação e localização — A atualização da sua posição atual pode garantir até 8x mais visualizações do seu perfil. Além disso, atualize sua localização em seu perfil, podendo ser — inclusive — a localização pretendida por você. Isso irá ajudá-lo a ser descoberto por oportunidades locais e você terá até 23x mais chances de ser encontrado nas buscas;

Seja ativo e responsivo — Fique sempre atento se você recebeu alguma mensagem no LinkedIn. Responder prontamente ao contato de oportunidade em potencial é importante para garantir uma boa primeira impressão. Cuide de suas conexões! Adicione pessoas relevantes e cresça sua base de contatos, com qualidade! Dica extra: seja ativo de acordo com a frequência que faça sentido para você — de hora em hora ou diariamente —, mas não troque qualidade por quantidade. Os usuários do LinkedIn que compartilham tendências, notícias e insights relevantes são mais propensos a serem notados ​​por recrutadores e outros profissionais.

Vamos adicionar as pessoas que são decisoras, influenciadoras, e possíveis pares nas empresas em que vocês gostariam de trabalhar!

Flavia Montes, CEO da Brand You Up, no webinar "Como tracionar de verdade sua carreira em 2022"

Um currículo pode dizer a eles suas qualificações, mas seu perfil de mídia social pode ajudá-los a determinar seu tipo de personalidade e se você se encaixaria bem na cultura da empresa.

Hallie Crawford, Treinadora de Carreira

Referências:
Forbes | "Como chamar a atenção dos recrutadores no LinkedIn"
Forbes| "Dicas você montar um perfil de sucesso no LinkedIn"
CNET | "Heads up, LinkedIn users, 93 of recruiters are looking at you"
Hays | "10 dicas para ser encontrado no LinkedIn"
Fast Company | "What recruiters pay attention to when they look at your social media"

Compartilhe
Deixe seu comentário