“Um ano atrás, era uma criança começando a caminhar. Agora, já está correndo por tudo. E, quando corre, é porque sabe para onde quer ir!”

Fonte: O que esperar das crianças de 2 anos? (Ninhosdobrasil.com.br)

Minha filha caçula, a Mel, fez 2 anos em 2021. Mesma idade que a Tailor também comemora neste ano. Alguns meses separam o nascimento das duas, mas algumas semelhanças entre elas me chamam a atenção.

Outro dia lendo sobre filhos na internet me deparei com a frase que abriu este texto. Era para ser aplicada somente à Mel, mas foi impossível não me remeter também à Tailor.

De fato, é um pouco isso: um ano atrás ambas eram crianças começando a caminhar, tropeçando nas próprias pernas, caindo e ainda muito dependentes... Como apenas um aninho pode mudar tanto alguém! Hoje ambas estão aí, Mel e Tailor, correndo por tudo e sabendo bem para onde querem ir.

Mas bom, estou aqui para falar sobre negócios e não sobre filhos, por mais que o período que estamos vivendo tenha nos mostrado o quanto as duas coisas podem e devem se misturar e coexistir em harmonia, não é mesmo?

Então vamos aos negócios: o que dizer de uma empresa de capital humano, cujo principal produto é baseado na contratação de pessoas, que abre as portas poucos meses antes da maior pandemia que o mundo moderno já viu? Negócios fechando, empresas demitindo pessoas, cortes de custos e no meio disso tudo - quem diria - a recém-nascida Tailor!

Certamente se eu soubesse do cenário que viria em breve, pensaria mais sobre o momento ideal de lançar a Tailor. Que sorte que eu não sabia! Nunca sabemos bem o porquê de algumas coisas e por mais que planejamos e ensaiamos para que tudo esteja em nosso controle e o momento seja o ideal para tomarmos algumas decisões, frequentemente vemos o quão incerto é o futuro e que só nos cabe estarmos preparados e dispostos a surfar a onda que encontrarmos quando cairmos no mar.

E foi assim que fomos surfando estas primeiras ondas da história da Tailor. 24 meses, quase dois terços deles em pandemia. Um mundo novo, cenários e situações que ninguém havia me ensinado como lidar, mas tínhamos um grande trunfo: já nascemos com um time incrível!

Muita criatividade, disposição e união foram os principais ingredientes que compunham essa galera, os Tailors! Que nunca mediram esforços, em casa ou no escritório, para fazer isso tudo acontecer, com muita paixão e diversão mesmo em meio ao caos.

O resultado? Quem diria, muito acima do que imaginamos nos cenários mais otimistas! Crescemos a cada mês, em faturamento, em experiência, em pessoas, em serviços, em clientes, em regiões, em número de escritórios, em amigos, em responsabilidade e em impacto na vida das pessoas.

Tenho muito orgulho deste curto, porém MUITO intenso início de nossa trajetória. Ciente que ainda é só o começo, que o futuro é incerto e que ainda há muito por vir. Mas, agora? “Agora a Tailor já está correndo por tudo. E, quando corre, é porque sabe para onde quer ir!”

Muito obrigado a cada um que de alguma forma fez e faz parte destes primeiros 2 anos.

Bruno da Matta Machado
Diretor Executivo

Compartilhe
Deixe seu comentário